1. banQi
  2. >
  3. Blog banQi
  4. >
  5. Educação financeira
  6. >
  7. 07 curiosidades sobre o uso do Pix no mundo

07 curiosidades sobre o uso do Pix no mundo

por banQi | data de publicação: 31/05/2022 | Educação financeira , Sua conta digital

O sistema de pagamentos instantâneos do Brasil, o Pix, promoveu uma revolução na vida dos brasileiros desde o seu lançamento no final de 2020. Por conta da facilidade e desburocratização de seu uso, o Pix se popularizou rapidamente e já supera outros meios de pagamentos mais antigos, segundo documento publicado pelo Banco Central em maio de 2021.

Por isso, hoje vamos trazer aqui algumas curiosidades sobre essa mudança impactante no modo de viver das pessoas, através da inclusão bancária e até na diferença do uso de dinheiro em papel no dia a dia em outros países :face_with_monocle:

Vamos lá?

 

  • Criado pelo Banco Central em 2020 após anos de estudos para efetivar a sua implantação, o Pix foi inspirado nos sistemas de open banking da Inglaterra (existente desde o ano de 2008) e da Índia, disponível desde 2016.

 

  • A Índia é o país que lidera o número de transações por pagamentos instantâneos no mundo e é considerada exemplo na inclusão de desbancarizados no sistema financeiro. No ano de 2020, movimentou cerca de U$ 25,48 bi e em 2021 praticamente dobrou esse número para U$ 48,61 bi

 

  • Efetuar pagamentos através do celular já é uma realidade na China. De acordo com uma pesquisa, 92% da população das maiores cidades chinesas usam as carteiras digitais Wechat Pay ou Alipay como formas de pagamento. Nas áreas rurais, 47% da população usa o celular para fazer compras. 

 

 

  • O Pix foi lançado pelo Banco Central em novembro de 2020 e, com menos de dois anos de existência, já é aprovado por 85% dos brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Febraban. O mesmo levantamento apontou que 7 entre 10 pessoas no Brasil já utilizaram o Pix, que já é o principal meio de pagamento digital existente no país.

 

  • Essa aprovação quase unânime e a recorrente utilização do Pix, fez com que a posição do país no ranking de transações por pagamentos  instantâneos saltasse da 8º posição, com U$ 1,33 bilhões em 2020,  para a 4º posição, com U$ 8,7 bilhões em 2021. Esse desempenho impressionante despertou o interesse da comunidade internacional no sistema brasileiro e seu idealizador foi considerado uma das personalidades de 2021 pela Bloomberg.

 

  • De acordo com o documento “Pix: o novo meio de pagamento brasileiro” publicado pelo Banco Central, os dados destacados comprovam que as operações com o Pix ultrapassaram as realizadas com DOC e TED somadas. Além disso, a quantidade de Pix em março de 2021 superou a de boletos liquidados, conforme demonstrado no gráfico abaixo:

Um gráfico mostrando o uso do Pix ao longo de 2020 e 2021, quando comparado a outros instrumentos

\ E você, já usa Pix? Comenta no nosso post no Instagram se sim ou não!

-- Escrito por Helena Cristina Rosa Ramos, QA Engineer de Pix no banQi

compartilhe

Posts relacionados

Dia das mães no banQi é ainda mais especial

Dia das mães no banQi é ainda mais especial

Confira dicas para fazer uma homenagem especial para sua mãe sem entrar no vermelho

Como e por que o banQi promove a inclusão financeira

Como e por que o banQi promove a inclusão financeira

Inclusão financeira sem a burocracia das instituições financeiras tradicionais.

Apps que podem te ajudar a economizar

Apps que podem te ajudar a economizar

O banQi te dá algumas dicas pra controlar o orçamento e começar a economizar.

Vem conhecer o conteúdo que fizemos pensando em você.